quinta-feira, 9 de abril de 2009

Exú João Caveira


João Caveira é o nome de um exú de Umbanda (entidade espiritual) da Quimbanda e Umbanda brasileira.
O sr. João Caveira é o exú responsável pelo encaminhamento das almas (espiritos desencarnados) que vagam nos cemitérios.

É representado por um homem carregando um crânio humano.
É o exú que lembra às almas suas condições humanas.
Normalmente é associado ao portão do cemitério (calunga), mas sua ação dentro do mundo das almas vai mais além.
Suas manifestações mediúnicas são, na maioria das vezes, violentas.
É uma entidade séria e de poucas palavras (indo diretamente ao assunto).
João Caveira pode vir através da falange do Exu Caveira, Exu Táta Caveira ou Omulú.
Em cada uma delas suas manifestações são diferentes assim como sua evolução.

Nem todos os Exús são violentos como diz a matéria abaixo.
Na maioria deles são calmos e vem só para trabalhar e ajudar a quem precisa, isso se são da linha branca e de entidade de luz que trabalham com a caridade.
Ao contrário tem casas que utilizam eles somente para o mal, mas sempre lemrando que para cada mal que vc pedir 50% do pedido de maldade volta para vc.
Aqui segue um pouco mais da história de como surigam os Exús.

Caveira é um exu, ou seja, uma entidade que trabalha na Umbanda, através da incorporação de médiuns.

Antes de ser uma entidade, Tatá Caveira viveu na terra física, assim como todos nós.
Acreditamos que nasceu em 670 D.C., e viveu até dezembro de 698, no Egito, ou de acordo com a própria entidade, "Na minha terra sagrada, na beira do Grande Rio".

Seu nome era Próculo, de origem Romana, dado em homenagem ao chefe da Guarda Romana naquela época.

Próculo vivia em uma aldeia, fazendo parte de uma família bastante humilde.
Durante toda sua vida, batalhou para crescer e acumular riquezas, principalmente na forma de cabras, camelos e terras.
Naquela época, para ter uma mulher era necessário comprá-la do pai ou responsável, e esta era a motivação que levou Próculo a batalhar tanto pelo crescimento financeiro.

Próculo viveu de fato uma grande paixão por uma moça que fora criada junto com ele desde pequeno, como uma amiga.
Porém, sua cautela o fez acumular muita riqueza, pois não queria correr o risco de ver seu desejo de união recusado pelo pai da moça.

O destino pregou uma peça amarga em Próculo, pois seu irmão de sangue, sabendo da intenção que Próculo tinha com relação à moça, foi peça chave de uma traição muito grave.
Justamente quando Próculo conseguiu adquirir mais da metade da aldeia onde viviam, estando assim seguro que ninguém poderia oferecer maior quantia pela moça, foi apunhalado pelas costas pelo seu próprio irmão, que comprou-a horas antes.
De fato, a moça foi comprada na noite anterior à manhã que Próculo intencionava concretizar seu pedido.

Ao saber do ocorrido, Próculo ficou extremamente magoado com seu irmão, porém o respeitou pelo fato ser sangue do seu sangue.
Seu irmão, apesar de mais velho, era muito invejoso e não possuía nem metade da riqueza que Próculo havia acumulado.
A aldeia de Próculo era rica e próspera, e isto trazia muita inveja a aldeias vizinhas.
Certo dia, uma aldeia próxima, muito maior em habitantes, porém com menos riquezas, por ser afastada do Rio Nilo, começou a ter sua atenção voltada para a aldeia de Próculo.

Uma guerra teve início.
A aldeia de Próculo foi invadida repentinamente, e pegou todos os habitantes de surpresa.
Estando em inferioridade numérica, foram todos mortos, restando somente 49 pessoas.

Estes 49 sobreviventes, revoltados, se uniram e partiram para a vingança, invadindo a aldeia inimiga, onde estavam mulheres e crianças.
Muitas pessoas inocentes foram mortas neste ato de raiva e ódio.
No entanto, devido à inferioridade numérica, logo todos foram cercados e capturados.

Próculo, assim como seus companheiros, foi queimado vivo.
No entanto, a dor maior que Próculo sentiu "não foi a do fogo, mas a do coração", pela traição que sofreu do próprio irmão, que agora queimava ao seu lado.

Esta foi a origem dos 49 exus da linha de Caveira, constituída por todos os homens e mulheres que naquele dia desencarnaram.

Entre os exus da linha de Caveira, existem: Tatá Caveira, João Caveira, Caveirinha, Rosa Caveira, Dr. Caveira (7 Caveiras), Quebra-Osso, entre muitos outros.
Por motivo de respeito, não será indicado aqui qual exu da linha de Caveira foi o irmão de Tatá enquanto vivo.
Como entidade, o Chefe-de-falange Tatá Caveira é muito incompreendido, e tem poucos cavalos.
São raros os médiuns que o incorporam, pois tem fama de bravo e rabugento. No entanto, diversos médiuns incorporam exus de sua falange.

Tatá é brincalhão, ao mesmo tempo sério e austero.
Quando fala algo, o faz com firmeza e nunca na dúvida.
Tem temperamento inconstante, se apresentando ora alegre, ora nervoso, ora calmo, ora apressado, por isso é dado por muitos como louco.

No entanto, Tatá Caveira é extremamente leal e amigo, sendo até um pouco ciumento.
Fidelidade é uma de suas características mais marcantes, por isso mesmo Tatá não perdoa traição e valoriza muito a amizade verdadeira.
Considera a pior das traições a traição de um amigo.

Em muitas literaturas é criticado, e são as poucas as pessoas que têm a oportunidade de conhecer a fundo Tatá Chefe-de-falange.
O cavalo demora a adquirir confiança e intimidade com este exu, pois é posto a prova o tempo todo.

No entanto, uma vez amigo de Tatá Caveira, tem-se um amigo para o resto da vida.
Nesta e em outras evoluções

14 comentários:

Anônimo disse...

ola eu me chamo rodrigo santos ! eu frecuentava um centro espirita a algum tempo atras. eu eu adimirava muito o sr joao caveira quando estava emcorporado. o meu imail. rodrigohoje2010@hotmail.com

ORIXAS E CABOCLOS disse...

nossa estou tontiada com a historia, pois carego comigo esse amigo de toda a minha vida q é seu joão caveira. mais ele nunca manifestou-se em mim,mais amo esse senhor muito.

ailton disse...

Galera me chamo Ailton e adorei saber sobre um pouco sobre a falange de caveria pois tenho e ja incorporei algumas vezes com o amigo João Caveira e queria saber qual era a diferença entre o exu caveira e~João Caveira. Duvida sanada, adorei o estudo.

Anônimo disse...

iai galera meu nome e victore tbm carrego com grade orgulho joao cavera e concerteza e uma amigo pra toda vida

fernanda disse...

eu tenho ele como meu pai minha mae recebeu ele ele me trata muito bem me dar muito carinho e confiança pra me da forças pra mim vencer as batalhas inimigasquem fazem pra mim eu amo ele de montão meu querido papai

Anônimo disse...

É com muita honra e orgunho que lhes digo que sou aparelho de JOÃO CAVEIRA.Meu nome é Sinára joão caveira não é somente um exu para mim é uma amigo que nunca me desamparou!

Anônimo disse...

quero dizer que sou loucamente apaixonada pelo sr joão caveira ele e tudo de bom eu amo dos os meus exú.gostaria de poder voltar encontrar encontrar um lugar onde eu poderia falar com eles.01 de junho de 2011. abraços

Anônimo disse...

eu sou uma das admiradora de joão caveira ele nunca me deixou fora do que eu sempre peço nunca me arrependo de nada que vou atras ele tem me ajudado muito!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

OLÁ AMIGOS É COM MUITO ORGULHO Q CARREGO SR.JOAO CAVEIRA ELE É UM AMIGO Q NUNCA TIVE SEMPRE ME AJUDA NAS HORAS Q MAIS PRECISO É UMA ENTIDADE MUITO SÉRIA NÃO GOSTA DE BRINCADEIRAS CONHECI ELE TEM POUCO TEMPO,MAS O TEMPO SUFICENTE PARA SABER QUEM ELE É REALMENTE POSSO AFIRMNAR É MAIS Q UM AMIGO DANDO CONTA E PRESTA CONTA TENHO ORGULHO DE SER UM MÉDIUM DO EXU JOAO CAVEIRA. LEONARDO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES ( RJ)

Anônimo disse...

Trabalho com S. João Caveira há 23 anos e tudo que li de todos vocês é o que eu sempre pensei sobre ele e a minha admiração por essa entidade aumenta a cada dia que passa. Sou feito na nação Angola e amo meus Inkices, mas S. João Caveira, bem como todas as outras entidades de umbanda com quem trabalho até hoje, é a minha paixão e adoração. É verdadeiramente um amigo, um pai e um espírito com uma luz incomparável. Amigo para todas as horas. Minha luz, meu guardião, meu guia... SALVE S. JOÃO CAVEIRA.
Anderson Martins - Rio de Janeiro

Anônimo disse...

Adorei a história, mas gostaria que me esclarecesse uma coisa.
A história começa falando de João Caveira e termina se referindo a ele como Tatá Caveira, são a mesma entidade, ou entidades diferentes.

Agradecida.

paulinho disse...

eu incorporo o exú caveira , ele é muito forte , sério de poucas palavras , agora que li sobre a falange dele , entendi mais sobre ele .

Anônimo disse...

Gilberto
Sim, trabalho com Sro.João Caveira desde meus 23 anos hoje tenho 49 anos é uma honrra trabalhar com ele. Me fez ver que o exu não é só maldade como se fala é também luz e caridade salve seu João caveira um exu de luz e amor.

Anônimo disse...

Eu acho que os médiuns deveriam estudar mais sobre os assuntos antes de ficar em dúvida sobre as diferenças das entidades.