quinta-feira, 9 de abril de 2009

Cigano Vladimir






UM POUCO DA SUA HISTÓRIA


A mesma observação que por algumas vezes fiz, fica valendo aqui, ou seja, são inúmeras as interpretações dadas para a vida dessa magnânima Entidade Espiritual chamada Vladimir.

Um Cigano que tem seu nome respeitado e talvez ao lado de Santa Sarah seja a Entidade mais cultuada dentro da chamada Linha do Oriente ou Povo do Oriente.

Por essa sua popularidade e mais que tudo como gratidão ao seu bondoso Espírito, sempre protetor e amigo em nossa vida pessoal, é que resolvi falar um pouco dele aqui.
Escolhi duas das histórias mais correntes:

A primeira versão, muito antiga por sinal e que corre de boca em boca, diz que Vladimir apaixonou-se perdidamente uma Cigana de sua Tribo, só que esse sentimento pela tal Cigana também surgiu dentro do coração de seu irmão.

Para decidir a questão, o irmão de Vladimir propôs um duelo em que ambos disputariam a amada.

Para não fugir à tradição, conta-se que Vladimir aceitou a proposta e dirigiu-se então para o tal duelo, porém, na hora exata de desfechar o golpe, percebeu ele que levaria vantagem, só que essa vantagem significava a possibilidade de matar o próprio irmão.

Aí então, Vladimir tem uma reação totalmente surpreendente para todos que assistiam o duelo, ou seja, não agrediu, ao contrário, não esboçou qualquer reação e assim então, acabou sendo apunhalado pelo próprio irmão, caindo morto em seguida.

A continuidade da história tem um desfecho um tanto quanto trágico, pois a tal Cigana vendo seu amado caído no chão, morto com um punhal cravado no peito, caiu por sobre seu corpo e chorando retirou o punhal do peito de Vladimir, cravando-o em seguida em seu próprio peito, ato este que culminou também em sua morte.

Outra versão, essa enviada por uma amiga e pesquisadora de Cultura Egípcia e Cigana.

Segundo essa amiga a versão a seguir chegou até ela contata por uma Cigana mesmo, ou seja pessoa de etnia Cigana.
Conta-se que o Cigano Vladimir era de origem eslava (Indo-Européia) e que se apaixonou perdidamente por Esmeralda, que assim a chamavam por gostar de trabalhar em magia de cura com pedras verdes (a pedra Esmeralda é verde e também utilizada em cura!) e também gostava desta pedra para o seu uso pessoal, por isto esse apelido; mas ela se casou com outro, pois já estava prometida.

Vladimir se desesperou e começou a beber descontroladamente.

Mais tarde, um pouco conformado, mas ainda apaixonado, passa a trabalhar com magia para unir os casais.

Muitos anos depois, com eles já um pouco idosos, eles se unem, mas ficam pouco tempo juntos, pois ela logo morre.

Seja de que forma for, o fato é que Vladimir é hoje uma Entidade de muita luz, sempre evocada com muito carinho por todos os amantes da Cultura Cigana, principalmente por aqueles que mantém algum tipo de ligação, volto a dizer, com as gloriosas Entidades Espirituais Ciganas, hoje brilhando como pontos luminosos, na Estrada de Estrelas do Espaço Infinito.

Era moreno-claro, de olhos e cabelos pretos.

Conta sua história que este cigano é “do mundo”!

É protetor do trabalho, consola e ajuda à todos os que estão momentaneamente sem ele.

Cigano imperioso e trabalhador, gosta das coisas boas da vida, que depois do trabalho seriam: mulher, mulher e mulher, depois música e comida.

Responsável, falante e guerreiro, os que não tem medo de lutar podem ir até ele.


SUAS ROUPAS
Wladimir usava roupas diferentes, conforme a fase da lua.

O detalhe constante nessas roupas é que a calça era sempre da mesma cor do colete de veludo que ele vestia por cima da blusa.

Na Lua cheia, ele usava blusão vermelho com colete e calça azul-turquesa; na Lua crescente, blusão branco, colete e calça brancos rebordados com fios de prata; na Lua nova, blusão azul-turquesa, colete e calça vermelhos rebordados com pedras coloridas; e na Lua minguante, blusão branco de mangas compridas, colete e calça marrons e uma faixa branca na cintura.

Em todas as fases da Lua ele usava na cintura uma faixa branca, na qual trazia o seu punhal de prata.


SEUS ADEREÇOS
O lenço que Wladimir usava na cabeça era de cores diferentes, conforme a fase da Lua.
Era azul na Lua cheia, branco no quarto crescente e vermelho na Lua nova.
Na orelha esquerda ele trazia uma argola de ouro e, no pescoço, um cordão de ouro com um medalhão antigo de seu clã.


SUA MAGIA
O Cigano Wladimir aprendeu a tocar violino com seis anos de idade.
Hoje, quando chega à Terra como espírito, pede logo o seu violino e começa a tocar antigas músicas eslavas.

Um detalhe importante: Quem tem esse Cigano na aura não precisa saber tocar violino, pois, ao chegar, ele traz a essência da música.

Esse é o mistério de Wladimir.


Retirado do livro

“Ciganos do Passado, Espíritos do Presente – Ana da Cigana Natasha- PALLAS EDITORA


-----------------------
Wladimir

A cigana Wlanira foi quem criou o cigano Wladimir e a sua irmã gêmea Wlanasha.
Quando os seus pais morreram a cigana Wlanira estava com 12 anos de idade, mesmo assim ela tomou conta dos seus irmãos.
A cigana Singuala foi a sua esposa, na qual tiveram dois filhos: Raiza e Wadivik.
Quando Wladimir se casou estava com 17 anos, e a cigana Singuala com 12 anos de idade.
Depois de 4 anos de um feliz casamento, o cigano Wladimir passou para o mundo espiritual, deixando a cigana Singuala com duas crianças pequenas.

O cigano Wladimir mudava o vestuário conforme a fase da lua.
Na orelha esquerda ele usava uma argola de ouro, e no pescoço um cordão de ouro com um medalhão antigo de seu clã.
Em todas as fases da lua ele usava na cintura uma faixa, que variava de cor conforme sua roupa, na qual levava sempre seu punhal de prata.

Wladimir é um espírito de muita luz e quando ele chega na terra pede logo o seu violino.
Não é preciso que a matéria que ele está incorporado saiba tocar este instrumento, pois mesmo como espírito, ele toca maravilhosamente bem; este é o detalhe que assegura quando ele está verdadeiramente na terra.
Velas para suas magias e oferendas devem ser feitas com na cor vermelha.
------------------------
Cigano Wlademir
Cigano do mundo, protetor do trabalho, consola e ajuda os que estão a procura de trabalho.
Cigano que primeiramente da valor ao seu trabalho em segundo a sua definição mulher, mulher, mulher, e depois musicas e comidas boas e fartas.Responsável.
Falante e guerreiro.
Ajuda todos que procuram trabalhar e crescer no lugar.
SUA MAGIA
Melão, Açúcar cristal, Erva-dinheiro-em-penca, Moedas e uma Vela vermelha.
Abre o Melão, coloca açúcar e seu pedido dentro junto com as moedas e enterra o melão em na planta dinheiro-em-penca e acende a vela diz.
Cigano Wlademir, o guerreiro que trabalha o dia inteiro, o ano inteiro de Janeiro a Janeiro, peço auxilio pra que não me deixe sem DINHEIRO que virá do meu trabalho.
Me socorre com o Poder de Devel (Deus) e com o Poder de Santa Sara,Assim peço que me traga trabalho e dignidade para mim ( diga seu nome).
Que assim seja!
Assim se cumpra!

6 comentários:

flavia disse...

lindo adorei saber mais sobre essa linda entidade pois gosto muito de pesquisar e adorei mesmo sou de mesquita e quando puder volto a visitalos

flavia disse...

lindo adorei saber mais sobre essa entidade tao respeitada e de grande sabedoria

gisele disse...

adorei a historia muita linda bjs

Anônimo disse...

ADOREI A HISTORIA DELE,SOU MEIO GINTANA,BJS.

Osmail disse...

Caraca realmente é identico as historias que ele conta quando vem em terra.estou fascinado por saber que realmente tenho um cigano de respeito ao meu lado.Ele é cigano do meu ori tenho muita fé nele e sei que realmente ele é tudo e mais um pouco do que esta escrito ai..Obrigado por me esclarecer mais um puco sobre essa entidade tão magnifica que é o Cigano Wladimir

mariana disse...

oi eu queria saber mais sobre a cigana wlanira pois eu a tenho. Aguardo o retorno.