quarta-feira, 15 de julho de 2009

Pai Jacó


2 comentários:

Flor de lótus disse...

Fantástico. Obrigada Pai Jacó por nos curar.

Anônimo disse...

Li, com atenção a historia de Pai Jacob, me vi presa e em prece com ele durante a leitura, parece que eu estava lá. Senti-me suavemente envolvida naqueles momentos de sofrimento e ainda mais, me senti feliz com a fé e resignação com que ele viveu seus sofrimentos terrenos. Obrigado pela oportunidade de conhecer esta historia e partilhar dela